Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos Facebook Alfândaga da Fé Youtube Flickr

Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

O Poder da Imagem

08 Fevereiro 2018 a 15 Abril 2018
Cartaz 20 fotos 20 historias 1 1024 2500

20 Fotos 20 Histórias | Nova exposição do CIT mostra o “antes e depois” da vila de Alfândega da Fé

Está patente no CIT uma nova exposição de fotografia. São 20 fotografias de Alfândega da Fé que mostram essencialmente as modificações urbanas da vila.

Uma exposição da autoria de Francisco José Lopes, professor e historiador de Alfândega da Fé, que compilou alguns registos fotográficos antigos que mostram o “antes e depois” da vila entre as décadas de 30 e 80. A Praça do Município e a transformação do Prado (actual Parque Verde) são algumas das zonas que se podem ver nas fotografias. Cada foto é acompanhada da sua história, com referência das datas e momentos em que as modificações aconteceram.

O objectivo desta exposição é firmar a importância da fotografia antiga enquanto documento histórico e apelar às pessoas para que partilhem os registos mais antigos que possam ter em casa de forma que seja criado um arquivo fotográfico municipal.
A Exposição “20 fotos 20 Histórias” pode ser visitada no CIT até 15 de abril.

 

Performance artística assinala fim da extensão do VI Douro Film Festival em Alfândega da Fé


Para assinalar o fim da extensão do VI Douro Film Festival em Alfândega da Fé, que aconteceu no dia 8 de fevereiro no CIT – Centro de Interpretação do Território de Sambade, foi preparada uma performance artística. Ricardo Ferreira de Almeida e Cristiano Costa Pereira, autor da exposição “O Douro Sublimado” e director do Festival, realizaram uma performance poética e musical com gaita de foles e sanfona. Uma iniciativa que marcou também a inauguração de uma nova exposição de fotografia “20 Fotos 20 Histórias” de Francisco José Lopes.

A extensão do VI Douro Film Festival em Alfândega da Fé chegou ao fim. No dia 8 de fevereiro foram revistas as 14 curtas metragens em Super 8MM, ligadas à temática cultural dos territórios do Douro. Neste que é o único festival de cinema rodado em super 8 milímetros(MM) do país e um dos pouco em todo o mundo, os autores convidados realizaram os seus filmes no âmbito do próprio festival. É o caso de Bruna Silva, uma jovem realizadora de Alfândega da Fé, que conquistou uma menção honrosa com a sua curta-metragem “Raízes”.

Recorde-se que o VI Douro Film Festival esteve patente no CIT desde 9 de janeiro, juntamente com a Exposição de fotografia pinhole “O Douro Sublimado” de Cristiano Costa Pereira.

  • logotipo sgs
  • logotipo compete
  • wiremaze logotipo

imagem