Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos Facebook Alfândaga da Fé Youtube Flickr

Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Mercadinho Aromático

2016/04/17
12987198 1238735922821257 2474936666557941966 n 1 1024 2500

Público-alvo: População geral
Nº de registo de presenças: 112

Contextualização:
A equipa de Ambiente do Município, em colaboração com a Casa da Cultura, organizou e dinamizou um espaço dedicado às plantas aromáticas denominado de “Mercadinho Aromático” e destinado a todos os interessados em adquirir conhecimentos nessa área. Os visitantes tiveram a oportunidade de conhecer melhor algumas empresas locais, degustar os seus produtos e adquiri-los.

Descrição sucinta das atividades:
No exterior do espaço, mesmo à entrada do edifício, foi criada uma demonstração de “um jardim aromático em casa” com a reutilização de pneus devidamente decorados.
Já no interior do espaço foram criados três pontos de venda de produtos locais, nomeadamente de licores aromáticos, queijos aromáticos, plantas aromáticas e infusões. Contou-se com a colaboração das seguintes empresas: “Licores da terra- Deolinda Rodrigues”, “Queijaria – Alto das Fontes” e “Mais ervas”.
No local estavam disponíveis, também, as seguintes exposições:
- Exposição de painéis “Biodiversidade em Trás-os-Montes” disponibilizada pela Europe direct de Bragança;
- Exposição real de plantas aromáticas e medicinais – Orador Eng.º Afonso Menezes;
- Exposição e demonstração de dicas naturais, nomeadamente o repelente natural de insetos; reparador de pontas espigadas; esfoliante natural de alfazema e banho relaxante/refrescante para os pés.
No decorrer do Mercadinho, foi dinamizado um workshop de culinária onde foi demonstrada a confeção de biscoitos aromáticos, (orégãos). Todos os participantes interagiram bastante durante o workshop e experimentaram, saborearam gratuitamente os biscoitos.

Objetivos gerais da ação:
- Promover iniciativas locais motivando o espírito de parceria e cooperação;
- Identificar algumas ervas aromáticas e as suas potencialidades na cosmética, na medicina e na gastronomia;
- Conhecer alternativas naturais e explorá-las de forma a alcançar produções ecológicas a reduzido custo e de boa qualidade.

Avaliação da ação:
A metodologia utilizada para a avaliação do Mercadinho Aromático foi concebida através da distribuição de inquéritos de satisfação por questionário, de caracter completamente confidencial. Estes inquéritos são constituídos por um conjunto ordenado de questões a que os inquiridos responderam por escrito, em função das instruções dadas. Na construção do questionário foram tidos alguns cuidados, como por exemplo, a formulação de questões claras e objetivas que permitissem obter informação relevante para eventuais melhorias das próximas ações.
Foram registadas 112 entradas com a devida assinatura, mas, apenas 80 pessoas responderam ao inquérito disponibilizado.

Reflexão:
Através dos inquéritos, conseguiu-se perceber a dimensão e impacto do evento bem como todos os seus pontos fortes e fracos.
O Mercadinho Aromático envolveu, aproximadamente, cerca de 112 participantes e pensa-se que alguns não foram contabilizados, pois não se dirigiram à receção para fazer o devido registo.
A maior parte dos participantes eram do sexo feminino o que já seria de esperar devido ao tema em questão. A faixa etária mais significativa foi, sem dúvida, os adultos, com idades compreendidas entre os 25 e os 64 anos, seguindo-se os idosos (a partir dos 65 anos de idade).
Os participantes demonstraram-se satisfeitos com as instalações e equipamentos, a Casa da Cultura disponibiliza vários equipamentos e materiais recentes e bem conservados.
Em relação à organização da ação, os resultados dos inquéritos demonstram que os inquiridos encontraram-se bastante satisfeitos.
Os conteúdos abordados foram de extrema importância para uma grande parte dos participantes, reforçando a utilidade dos temas tratados, sendo de grande interesse para a comunidade.
O Mercadinho Aromático e toda a dinâmica durante o seu decorrer superou as expetativas esperadas com uma avaliação bastante satisfatória por parte dos inquiridos.
Contudo, foram descritas algumas sugestões/recomendações que se poderão ter em conta numa próxima organização, passando a citar as descrições efetuados pelos inquiridos no campo das sugestões:
- “A repetir”
- “Este tipo de eventos deveriam ser feitos mais vezes”
- “Muito bom! Continuem com estas palestras informativas”
- “Adoro o evento, façam mais vezes”
- “Evento espetacular, continuem”
- “Deveriam existir mais pontos de venda”
- “Recomendo fazerem um workshop de como preparar infusões e boas práticas para a secagem das ervas”.
De forma geral, pode concluir-se que o Mercadinho Aromático superou as espectativas e os objetivos iniciais propostos foram cumpridos e atingidos. A temática das plantas aromáticas foi bastante apelativa e cativou o interesse da população em geral.
Outro dos aspetos positivos foi a participação mais ativa dos residentes de Alfândega e o surgimento de participantes de outras localidades, sendo este, indicador de uma boa divulgação. A participação de alguns idosos deveu-se à afixação de alguns cartazes em pontos estratégicos na vila, pois estas pessoas não têm acesso a redes sociais originando a que muitas das vezes não tenham qualquer conhecimento de iniciativas deste género. Este evento foi também divulgado na missa dominical e foi possível contactar pessoalmente algumas pessoas.
Outro aspeto que atraiu bastantes participantes foi o facto de a entrada ser gratuita e que se deve ter em conta numa próxima organização. A dinamização do workshop de culinária, a confeção de biscoitos aromáticos, foi um sucesso e os participantes interagiram bastante ficando bastante satisfeitos com a degustação dos biscoitos aromáticos. Embora a receita já esteja disponível nas redes sociais, tem-se vindo a receber alguns telefonemas para a cedência da referida receita.
Em relação aos três pontos de veda criados no espaço, foram um sucesso e as pessoas colaboraram bastante na compra de alguns produtos locais. Os produtos mais vendidos e com maior destaque foram as plantas e as infusões da empresa “Mais Ervas”.
Em suma, este tema veio reforçar a ideia e a importância que as ervas aromáticas têm no nosso quotidiano dando-lhe grande utilidade e relevância.
Tendo em conta os resultados obtidos, pode dizer-se que, toda a coordenação e dinamização teve um impacto bastante positivo, pois os resultados acima o comprovam..

  • logotipo sgs
  • logotipo compete
  • wiremaze logotipo

imagem

CaptureCIG_web_Banner_Menção_Honrosa