Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos Facebook Alfândaga da Fé Youtube 

Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Apresentação virtual do livro “Uma história por dia, nem sabes o bem que te fazia!”

23 Abril 2021
Capa  1  1 1024 2500

Fica em casa, Lê em casa

No Dia Mundial do livro, que se assinala a 23 de abril, propomos, aos nossos(as) leitores(as) que assistam à apresentação virtual do livro “Uma história por dia, nem sabes o bem que te fazia!” do autor Alfandeguense João Miguel Reboredo, que vamos transmitir nas redes sociais do Município:

Facebook

Youtube

A OBRA
Neste livro, cada história é uma canção pronta a ser cantada, contada, dramatizada, reinventada, suscitando na criança uma imensa alegria e uma motivação extra inigualável, para a aprendizagem, pois é um excelente livro tanto para a prática lectiva como para o dia-a-dia de boas leituras. Esta obra acaba por ser um utensílio de trabalho para a planificação de aulas de professores.

O AUTOR
Nasceu a 27 de Fevereiro de 1976 em Bragança. Passou grande parte da sua vida em Alfandega da Fé, onde fez os seus estudos básicos e secundários. Professor licenciado do ensino básico (2º ciclo) variante de educação musical, exerce actualmente funções na EB1/JI do Outeiro do Agrupamento Vertical das Escolas de Campo. Leccionou durante 4 anos em São Pedro da Cova na EB1 da Covilhã e foi Coordenador dos Professores do 1º ciclo. Leccionou ainda na escola profissional de Gondomar a disciplina de educação musical no curso de animador sócio cultural, onde foi também orientador de Estágio Pedagógico. Com algumas provas dadas na área musical, como por exemplo a gravação de um CD com o grupo Gota de Água do qual foi um dos fundadores. Em Novembro de 2002 é convidado a liderar como maestro a Orquestra Orff e como professor de educação musical, a Escola de Música da ARC de Silveirinhos em S.P. da Cova. Este seu interesse notável pela educação manifestou-se cedo, tendo sido monitor de programas de ocupação de tempos livres e treinador de Hóquei em Campo na Associação de Hóquei do Nordeste Transmontano. Actualmente faz parte da Mesa da Assembleia da Federação Portuguesa de Hóquei, tendo já passado pelo Conselho de Arbitragem dessa mesma Federação. Licenciou-se em 2000 pela Escola Superior de Educação Jean Piaget Nordeste, em Macedo de Cavaleiros, tendo iniciado a sua actividade lectiva na Região Autónoma da Madeira. Encontra- -se actualmente vinculado ao Quadro de Agrupamento das escolas de Campo. Publicou em 2003 o seu 1º trabalho de investigação “Um cancioneiro em estudo”. Fez uma pós-graduação em Educação: “Políticas Educativas e Ensino Superior”, tendo, no decorrer da mesma, publicado alguns artigos:

• Artigo publicado pelo Instituto de Defesa Nacional: “Novos desafios para o superior”, em conjunto com o Dr. Jorge Silva e a Dr.ª Helena Ferra;

• Comunicação apresentada e publicada em livro do V Colóquio de Ciências da Educação subordinada ao tema “A formação universitária do professor de música”, organizado pela Universidade Lusófona;

• Comunicação apresentada e publicada em revista no VII congresso da AEPEC ”Didáctica da escola cultural: caminhos para a construção de si e dos saberes” subordinada ao tema: “A importância da música na educação como disciplina interdisciplinar”, juntamente com o Dr. Joaquim Jorge Silva;

• Comunicação apresentada e publicada em revista no encontro de reflexão organizado pela universidade do Porto intitulado: “Porto cidade região, encontro de reflexão prospectiva”, em conjunto com Dr. Joaquim Jorge Silva e a Dr. Helena Ferra.

• Comunicação publicada em livro de resumos no Congresso Luso-brasileiro de História da Educação: “Igreja, estado, sociedade civil – instâncias promotoras de ensino”, organizado pela Universidade de Évora, com o título: “As políticas educativas para o ensino superior e o desenvolvimento local”.

Foi mentor do grupo de pais “Partituras Soltas” e “Partituras Júnior” onde produziu e gravou, enquanto Maestro e Professor do Agrupamento de Escolas de Campo, 3 CD´s dos quais os lucros das vendas reverteram a favor das escolas de Campo. Contribuindo com estes três últimos trabalhos para o património histórico e cultural do concelho de Valongo. Actualmente, na escola onde lecciona, já acumulou o cargo de Coordenador de Edifício Escolar. Foi eleito em 2009 como membro da Assembleia de Freguesia da Junta de freguesia de Campo na qualidade de deputado. Foi presidente da direcção da Associação Recreativa e Cultural da Azenha durante 4 anos, passando também pelo conselho fiscal da mesma associação em Campo, acumulando também, a função de director, responsável pelo pelouro da cultura e educação desta. Em 2009 publicou mais um livro com o título “Música e poesia... Quem imaginaria”. Em 2013 gravou mais um CD com o grupo de violas da ARCA-Associação Recreativa e Cultural da Azenha em Campo, Valongo. Em 2015 pede licença sem vencimento por um ano e começa uma nova experiência no Luxemburgo, onde é convidado para fazer parte do Grupo Cultural e de Apoio Social de Di-fferdange, tendo nesse mesmo ano, criado o grupo de cantares no grupo cultural, com o qual desenvolveu algumas atividades, cujas receitas serviram para ajudar pessoas necessitadas, bem como para financiar o evento das marchas populares, das quais foi o mentor com brio. Ministra cursos de viola clássica a adultos e crianças, com o intuito de preservar a língua portuguesa através da música, utilizando a viola como uma estratégia motivacional. Foi o mentor do fim-de- -semana solidário, que rendeu cerca de 25.000€ para a conta de um menino. Em 2015 grava o primeiro álbum a solo, do qual os lucros com a venda reverteram a favor de uma causa solidária. Sendo um homem de causas, inicia como maestro a liderança de um grupo de cantares que mais tarde se tornou uma ASBL, na qual é o presidente da direção. O mundo do espetáculo no Luxemburgo deu-lhe distinção, com o seu projeto Uno, que mereceu várias reportagens no maior jornal do Luxemburgo, bem como, presenças em vários programas de rádio. Neste último ano marcou presença na televisão portuguesa, na TVI com a Fátima Lopes e no Porto Canal com o Ricardo Couto e o maestro Francisco. Com a ajuda de alguns patrocinadores, em 2016 grava o segundo álbum a solo, onde a causa solidária está presente nos lucros da venda dos CD. Em 2016 concretiza o sonho de abrir uma escola de música em Differdange, onde abriu o seu Ateliêr de lá Musique com o nome Reboredo´s Music School, que conta hoje com mais de 80 alunos.

  • logotipo compete
  • wiremaze logotipo

imagem

CaptureCIG_web_Banner_Menção_HonrosaAlfandega_da_Fe_Vila_educadora_PT-01_1Logo_PDAM_ano2019-05_(1)Desperdício   EIC_-_ISO_9001_-_Qualidade_Entidade_Certificada_IPAC     EIC_-_ISO_14001_-_Ambiente_Entidade_Certificada_IPAC     EIC_-_OHSAS_18001_NP_4397_-_Segurança_e_Saúde_do_Trabalho_Entidade_Certificada_IPAC     logo2020_GG_ELOGE Selo_Qualidade_Sénior_FINAL_page-0001