Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos facebook_icon play_icon instagram_icon

Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

Exposição | Intermitências de Arte

2022/11/30 a 2023/02/10
Fb intermitencias  1  1 1024 2500

No atual mundo globalizado, o poder da cultura na transformação das sociedades é notório. A Arte Contemporânea nas suas diversas manifestações culturais enriquece as nossas vidas de inúmeras formas e contribui para a construção de sociedades abertas, inclusivas, pluralistas e constituem as bases de uma sociedade do conhecimento vibrante, inovadora e próspera.

O acervo de obras de arte da Câmara Municipal de Macedo de Cavaleiros, insere-se numa estratégia pública de Arte Contemporânea, que é fundamental para os artistas, na obtenção de um maior conhecimento e alargamento do acesso à Arte Contemporânea, sendo também necessário assegurar a fruição pública, alargar e consolidar no território, a exibição e circulação de obras de arte, garante assim que os espaços existentes neste território sejam conhecidos, divulgados e apoiados.

Esta exposição coletiva é constituída por vinte e cinco obras de arte bem distintas: a escultura que glorifica a vida, fundamentalmente, ela não representa o real, mas antes o ideal. Os ideais variam de sociedade para sociedade, mas todos eles têm em comum o facto de não refletirem a realidade objetiva, mas sim a realidade modelada, que se aproxima mais do desejo do coração. Essencialmente a escultura significa a tomada de posse de um espaço, a construção de um objeto, por meio de concavidades e volumes, saliências e vazios; a sua alternância, os seus contrastes, a sua tensão constante e recíproca e, na forma final, o seu equilíbrio.

Na pintura “as águas encantatórias - Azibo” de Isabel Saraiva, uma espécie de sinergia entre o que pelo olhar se capta e se almeja e o que pelo cruzamento das linhas se sugere……também na obra de Luís Rodrigues “navegando por entre variações fractais”, em que o desenho/pintura, nos leva para um momento criativo e de elevada sensibilidade estética.

A presente exposição coletiva patente ao público, na Casa da Cultura Mestre José Rodrigues em Alfândega da Fé desde 30 de novembro até 10 de fevereiro, inlcui obras dos dos artistas: Xurso Oro Claro fotografia; Cruzeiro Seixas com serigrafia e gravura. Luís Cruz gravura; João Castro Silva desenhos; Isabel; Rodrigo Cabral litografia; Filipe Silva gravura; Isabel e Rodrigo Cabral - Litografia; Isabel Saraiva pintura; Luís Rodrigues pintura: Luís Cruz, Ricardo Tomás, João Sotero e Beatriz Cunha com escultura em mármore.

Curadoria: Maria Inês Falcão do Centro Cultural de Macedo de Cavaleiros
Organização: Casa da Cultura Mestre José Rodrigues em Alfândega da Fé

  • logotipo compete
  • wiremaze logotipo

imagem

CaptureMunicipio_de_Excelência-1Alfandega_da_Fe_Vila_educadora_PT-01_1Desperdício   logo2020_GG_ELOGE     Selo_Qualidade_Sénior_FINAL_page-0001Logo_PDAM_ano2019-05_(1)