Passar para o Conteúdo Principal

siga-nos facebook_icon play_icon instagram_icon

Hoje
Hoje
Amanhã
Amanhã

União das Freguesias de Eucísia, Gouveia e Valverde

received_601396761165048 (1)

Foto (da esquerda para a direita): Sara Vieira (Secretária; Pedro Bravo (Presidente); Miguel Vieira (Tesoureiro)

Órgãos Autárquicos da Freguesia

Junta de freguesia Assembleia de Freguesia
Presidente: Pedro Bravo Presidente: André Soeiro
Secretária: Sara Vieira 1º Secretária : Cidália Penarroias
Tesoureiro: Miguel Vieira 2º Secretário: Bruno Esteves

Contactos

 

     Telefone

E-mail

Geral

 

 

Presidente

938 186 874

pedrosusana2009@hotmail.com

Secretário

913 639 664

vieira_sara_94@hotmail.com

Tesoureiro

927 795 114

franciscoandreiamiguel@hotmail.com

Morada

União das Freguesias de Eucísia, Gouveia e Valverde

Largo Igreja, 127

5350-231 Eucísia

 Horário de Atendimento

 A definir

Descrição da Freguesia

Aldeias anexas

Cabreira e Santa Justa

Distância à sede do concelho

 7 km

Área da freguesia

50,8km2

População residente

266 habitantes (censos 2021)

EUCÍSIA

Porta de entrada no Vale da Vilariça, Eucísia encontra-se encravada entre montanhas. O facto de estar localizada no Vale da Vilariça, em conjunto com a existência de água em abundância, permitiu a fixação, desde muito cedo, da população. Por esse motivo, nesta zona encontram-se alguns dos mais importantes elementos do património histórico-arqueológico do concelho: as pedras escritas de “Revides” e das “Ferraduras” e o Castro de Santa Justa.

A agricultura assume-se como a principal ocupação da população, destacando-se as produções de azeite, amêndoa e cortiça.

Eucísia é também conhecida como a terra das feiticeiras, tal como é descrito na lenda da localidade: A Lenda das Feiticeiras de Eucísia

GOUVEIA

Gouveia situa-se na encosta sul da Serra com o mesmo nome. De acordo com o Padre Francisco Manuel Alves, em "Memórias Arqueológico-Históricas do distrito de Bragança", o nome desta localidade deriva do verbo “gouvir”, cujo significado é 'gozar'. Tal definição toponímica pode encontrar explicação na paisagem avassaladora oferecida na área da freguesia. Um verdadeiro “gozo” para os olhos, principalmente na encosta que dá para o Rio Sabor. 

A posição estratégica junto ao vale do Sabor, os Castros identificados na zona e a Serra da Gouveia conferiram a Gouveia uma importância redobrada em tempos mais recuados. A agricultura é a principal atividade da freguesia. A oliveira, a amendoeira e o sobreiro têm ali boas condições de vida. Naturalmente, acabou por se desenvolver a pastorícia, como complemento à atividade agrícola.

VALVERDE

Situada na parte inferior do planalto de Alfândega da Fé, já próximo da Serra da Gouveia e com o Vale da Vilariça à vista, Valverde é uma localidade antiga e o seu crescimento ficou a dever-se à riqueza agrícola do vale que lhe deu o nome e às boas condições para o desenvolvimento das amoreiras, fundamentais para a criação do bicho-da-seda. O mesmo vale, graças ao seu terreno barrento, permitiu o desenvolvimento de vários fornos de telha, levando a povoação a um crescimento pouco habitual em tempo mais recuados. No entanto, Valverde é sobretudo conhecida pela sua majestosa Cruz Processional, uma autêntica obra de arte do século XVI, devidamente guardada e preservada, só apresentada em público em ocasiões solenes; esta cruz, cujo estudo e inventariação já foi efetuado, anda ligada à lenda de Frei João Hortelão, natural de Valverde e a quem a população atribui vários atos milagrosos. 

 

 

 

  • logotipo compete
  • wiremaze logotipo

imagem

CaptureCIG_web_Banner_Menção_HonrosaAlfandega_da_Fe_Vila_educadora_PT-01_1Desperdício   logo2020_GG_ELOGE     Selo_Qualidade_Sénior_FINAL_page-0001Logo_PDAM_ano2019-05_(1)